Denúncia

Chefe do Parque Serra da Capivara responde matéria publicada no Portal SRN sobre distribuição de madeira para ONG

A atual chefe do Parque Nacional Serra da Capivara foi citada duas vezes pela secretária municipal de Administração, Nayler Castro.

18/11/2019 10h54Atualizado há 3 semanas
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Enviado por Jorlan Oliveira

O Portal SRN publicou uma matéria na manhã de hoje (18), conteúdo especial do jornalista André Pessoa, intitulada: ICMBio deve analisar participação indireta de chefe da Serra da Capivara no pedido de distribuição de madeira para ONG (VER AQUI).

Matérias relacionadas:

- Madeira vira disputa política em São Raimundo Nonato e processo de cassação da prefeita Carmelita Castro volta à tona na mídia

- ICMBio deve analisar participação indireta de chefe da Serra da Capivara no pedido de distribuição de madeira para ONG

Confira na íntegra a resposta enviada por Jorlan Oliveira, citado na matéria, através de direito de resposta concedido pelo Portal SRN:

........

Carta aberta à Comunidade

Assumir um cargo de chefia num órgão público não é tarefa fácil: exige coragem, determinação, serenidade, competência e conduta ética, acima de tudo. Às vezes, no cumprimento do dever legal, contrariamos interesses pessoais nem sempre legítimos. Tudo isso faz parte do processo.

Desde que assumi a chefia do Parque Nacional da Serra da Capivara/ICMBio, fui alertada sobre a conduta do senhor André Pessoa. Infelizmente, desde o primeiro momento, este senhor vem tentando, por todos os meios, criar situações embaraçosas à nossa gestão. Ao que tudo indica, movido pelo desejo de gerir o Parque, o que considero uma aspiração legítima. O que não é legítimo é fazê-lo tentando denegrir a minha pessoa, sob o escudo da “liberdade de expressão”. Se aspira ao posto, percorra o caminho correto: vá a Brasília, procure as autoridades competentes e exponha as suas razões.

Eu, por exemplo, sempre tive e tenho muitos sonhos e objetivos. Nasci numa terra árida, com poucas oportunidades para uma menina da minha classe social, mas sempre acreditei que poderia superar a pobreza, as dificuldades e todos os empecilhos. Por esse motivo, lutei, sofri, cai e levantei-me. Para tanto, fiz muitos sacrifícios: fiquei longe da família, dos amigos, da terra que amo. Consegui estudar, fiz mestrado e doutorado na Europa, sonho impensável para uma menina da caatinga.

Tenho 23 anos no serviço público na minha terra natal, minha terra de paixão e chão que escolhi para viver e ajudar a transformar. Não sou forasteira; tenho família, amigos, casa e projetos de vida aqui. Nunca sai de Coronel José Dias. Mesmo quando estava em Portugal, em São Paulo ou na Amazônia, o meu coração estava aqui e os meus objetivos de vida, também.

Durante toda a minha vida profissional, pessoal e social nunca cometi um ato que pudesse envergonhar a minha família, o meu filho, o meu marido. Por isso, não admito ser envolvida em um jogo sujo de busca do poder pelo poder. Sou uma trabalhadora, uma mulher, pequena na estatura, mas grande e forte no desejo de ajudar minha comunidade, ajudar o meu lugar a tornar-se melhor.

Por amor à verdade, desconheço um feito notável do senhor André Pessoa por Coronel José Dias ou por outro município do Piauí. Está sempre na contramão, tentando sujar a dignidade de quem trabalha com seriedade.

Quando fui CONVIDADA, repito, convidada para assumir a chefia do parque, o fiz com o objetivo de contribuir para a melhoria do nosso Parque, o que venho fazendo diuturnamente. Presto conta dos meus atos aos meus superiores e à sociedade a que sirvo.

No tocante à polêmica que esse senhor está tentando alimentar, faço questão de esclarecer: Ao contrário do que sugere o jornalista, a madeira apreendida pelos fiscais da Secretária Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do estado do Piauí (SEMAR) foi doada à Prefeitura de São Raimundo Nonato e não ao IODA. O Instituto Olho D’Água apenas pediu à Prefeitura a madeira para ser utilizada na reforma do prédio que, por muitos anos, abrigou a Escola Tomaz Gonçalves, que se encontrava abandonada. O imóvel não pertence ao IODA; foi apenas cedido pela Prefeitura, em regime de comodato, com autorização da Câmara Municipal de Cel. José Dias, pelo prazo de dez anos, para abrigar o Centro de Memória e Biblioteca Comunitária de Coronel José Dias. Quanto a mim, uma das fundadoras do Instituto, antes de assumir o cargo que ocupo, afastei-me do IODA, onde já não exerço nenhuma função. E se houve alguma irregularidade na minha conduta, significa que houve irregularidade por parte da administração municipal, também.

O que busca o senhor André? A quem serve? Seguramente não está e nunca esteve a serviço da comunidade. Procura tumultuar um processo legal, de interesse público. Insisto: o imóvel pertence ao município e não ao IODA, como afirma o jornalista, e ainda que fosse do Instituto não teria irregularidade na doação.

Como forma de provar a ausência de qualquer irregularidade na doação da madeira, a questão foi encaminhada ao MPF (desde de quinta-feira sofro ameaças desse senhor, em um trecho da ameaça ele diz “ao invés de buscar apoio, ajuda, de um amigo, me responde agressivamente” “ Quis te ajudar e você veio me agredindo” “ a escolha foi sua”), que não vislumbrou qualquer conflito de interesse, tão pouco desvio de conduta, portanto não houve qualquer ilegalidade ou mesmo fato antiético da minha parte. A madeira está sendo utilizada, adequadamente, na reconstrução do imóvel. Tivesse interesse em bem informar à população, o senhor André poderia verificar se a madeira efetivamente está sendo usada na obra.

Que fique bem claro: não pretendemos deixar de lutar pelo bem comum. Dentro ou fora do ICMBio, continuaremos a servir a comunidade a que pertenço. Vamos construir o Centro onde serão preservados bens, práticas e documentos do povo de Coronel José Dias. Quanto ao senhor André Pessoa, esperamos que não macule a profissão que exerce por desinformação ou má-fé.

18 de outubro de 2019

Marian Helen da S. G. Rodrigues

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 15h54
37°
Poucas nuvens Máxima: 37° - Mínima: 24°
36°

Sensação

26 km/h

Vento

24.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5