Ministério da Saúde

Segunda etapa de vacinação contra o sarampo inicia nesta segunda-feira com foco na faixa etária de 20 a 29 anos

O objetivo é de que essa população tome duas doses da vacina tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo) com intervalo mínimo de 30 dias.

17/11/2019 09h51Atualizado há 4 semanas
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Folhapress
 Faixa etária de jovens adultos merece atenção especial (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)
Faixa etária de jovens adultos merece atenção especial (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Começa na segunda-feira (18) a segunda fase da campanha de vacinação contra o sarampo, desta vez com foco na faixa etária de 20 a 29 anos. O objetivo é de que essa população tome duas doses da vacina tríplice viral (caxumba, rubéola e sarampo) com intervalo mínimo de 30 dias. 

Para se imunizar, basta ir a uma das UBS (Unidades Básicas de Saúde) do município com a caderneta de vacinação.

Se não houver comprovação vacinal, a pessoa receberá a primeira dose da vacina durante a campanha e a segunda será agendada. Quem tiver recebido apenas uma dose receberá a segunda durante a ação. 

O Dia D será no último sábado de novembro (30), quando postos de saúde e postos volantes estarão abertos para vacinação.

Na primeira fase da campanha foram vacinadas 400 mil crianças na faixa de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

Segundo o Ministério da Saúde, outras três etapas da campanha de vacinação contra o sarampo ocorrerão em 2020. A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões de adultos. 

No próximo ano (ainda sem data definida), serão contempladas pessoas de 5 a 19 anos, de 30 a 49 anos e de 50 a 59 anos.

Primeira etapa da vacinação foi destinada a crianças (Foto: divulgação)

O objetivo é interromper a circulação do vírus e garantir altas coberturas para que a proteção seja estendida à rubéola, impedindo o surgimento de casos da doença.

É recomendável que a população de 1 ano a 29 anos de idade tenha duas doses comprovadas da imunização. Entre 30 e 59 anos é preciso ter recebido pelo menos uma dose (o Ministério da Saúde faz essa mesma recomendação para pessoas de até 49 anos).

O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da tríplice aos 12 meses e aos 15 meses, quando o reforço é com a tetraviral, que protege também contra varicela. Neste ano, os bebês com menos de 12 meses também devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário.

A vacina é contraindicada para bebês menores de seis meses. Para proteger as crianças dessa idade, os pais devem evitar que elas frequentem aglomerações e manter higienização e ventilação adequadas.

Funcionários das salas de vacinação deverão fazer a triagem de crianças que tenham alergia à proteína lactoalbumina (presente no leite de vaca), para que recebam a dose feita sem o componente.

Quem já teve reação anafilática (alergia grave) a doses anteriores não deve ser vacinado nem em ações de bloqueio. O ideal nesses casos é consultar o médico.

Diante de qualquer sintoma de sarampo —manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite, manchas brancas na mucosa bucal— é necessário procurar um serviço de saúde.

Piauí

O primeiro caso de sarampo no Piauí, ocorrido neste ano foi registrado no município de Campo Grande do Piauí, na região Sudeste do estado. Trata-se de caso importado de doença, uma vez que a paciente, um bebê de um ano de idade foi infectado pelo vírus durante a sua estadia no estado de São Paulo. 

O segundo caso, também importado de sarampo foi registrado em Teresina. Um empresário, com mais de 50 anos de idade teria sido infectado pelo vírus também em São Paulo. Outros casos foram registrados em Alagoinha do Piauí e Lagoa de São Francisco, as duas pessoas também chegaram com sintomas depois de visitas a São Paulo.

O Piauí já é considerado pelo Ministério da Saúde como um dos 16 estados em surto ativo de sarampo. O dado consta em boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. 

O caso mais recente ainda está sendo investigado. De acordo com a Secretária Municipal de Saúde (Sesapi), este tem origem interna. O caso apurado é de um bebê de nove meses, residente do município do Lagoa do Sítio. No total, já são 12 casos suspeitos de sarampo no Piauí.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 16h05
37°
Poucas nuvens Máxima: 37° - Mínima: 24°
36°

Sensação

26 km/h

Vento

24.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5