comunicado

Pré-candidatos deixam partido alegando interferência do Senador Marcelo Castro

O grupo que deixou a sigla era coordenador por Geraldo Jarques e Dilson Resende, e emitiu um comunicado

27/10/2019 09h13
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Jornal O Dia

O grupo de pré-candidatos a vereador que articulava a formação de uma chapa proporcional no Democracia Cristã resolveu deixar a sigla após a confirmação de mudança no comando do diretório municipal. O ex-candidato a senador Gustavo Henrique conseguiu o aval da direção nacional para conduzir o DC em Teresina nas próximas eleições, o que desagradou os pré-candidatos.

O grupo que deixou a sigla era coordenador por Geraldo Jarques e Dilson Resende, e emitiu um comunicado alegando interferências do Senador Marcelo Castro, que teria intercedido junto à direção nacional para viabilizar a ida de Gustavo Henrique para o comando em Teresina. “Em virtude desses fatos, o grupo de pré-candidatos a vereador abre mão do comando do Democracia Cristã em Teresina”, diz o comunicado. 

Ainda de acordo com a nota, o grupo vai estudar o cenário político para decidir os rumos que vão ser tomados para as eleições do próximo ano. “Estaremos no momento certo tomando a decisão acertada”, diz o texto.

O que diz Gustavo 

Procurado pela reportagem, Gustavo Henrique confirmou que vai assumir o Democracia Cristã em Teresina. Segundo ele, a data da posse vai ser definida após os trâmites referentes à documentação serem concluídos. “A nacional do DC nos indicou para assumir o comando do partido em Teresina. Estou aguardando os trâmites”, informou.

Ainda de acordo com Gustavo Henrique, o grupo político que vinha sendo formado por ele no PTC também deve migrar para o Democracia Cristã. “Todo o grupo de pré-candidatos deve ir conosco para o DC. A nossa meta é eleger dois vereadores nas próximas eleições”, pontuou.

 

Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5