Piauí

Governo corre para dar cala boca a médicos do interior

Apesar do acordo, o temor do Conselho Regional de Medicina (CRM) é que o governo pague as parcelas iniciais, mas depois, volte a atrasar os salários.

07/10/2019 09h46Atualizado há 5 meses
Por: Weslley Moreira, da Redação
Fonte: Por Silas Freire, Encarando

O governo, através do secretário de Saúde Florentino Neto, fez uma programação para o pagamento de 5 meses de salários atrasados de médicos de 14 municípios do Piauí. Apesar do acordo, o temor do Conselho Regional de Medicina (CRM) é que o governo pague as parcelas iniciais, mas depois, volte a atrasar os salários. Existe a informação de que os diretores desses hospitais já estariam, inclusive, atrás de novos médicos para ocupar o lugar dos profissionais que abandonarem as escalas de plantões, o que leva a crê que o governo queira dar o calote nos profissionais. O CRM pede que os profissionais procurados não aceitem esses convites, pois eles podem ser os próximos prejudicados.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 09h38
28°
Muitas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 24°
29°

Sensação

19.4 km/h

Vento

61.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5