Piauí

CGU diz que organização criminosa impactou a vida dos estudantes

A Operação Satélites consiste no cumprimento de 19 mandados de busca e apreensão

27/09/2019 09h24
Por: Redação Portal SRN
Fonte: CGU

A Controladoria-Geral da União (CGU) participou, nesta quarta-feira (25), da Operação Satélites, 2ª fase da Operação Topique, deflagrada em 2018. O trabalho, realizado em parceria com a Polícia Federal (PF) e com o Ministério Público Federal (MPF), busca desarticular organização criminosa responsável por fraudes em licitações e desvios de recursos destinados à prestação de serviços de transporte escolar ao Governo do Estado do Piauí e a Prefeituras Municipais do Piauí e do Maranhão. 

De acordo com cálculos realizados pela equipe da CGU, tendo por base dois processos licitatórios realizados pela Seduc-PI em 2015 e 2017 e os materiais apreendidos na 1ª fase da Operação, o prejuízo efetivo já identificado aos cofres públicos é da ordem de R$ R$ 50 milhões. Também foi verificado que os desvios praticados pela organização criminosa causaram impacto na vida dos estudantes, já que a Seduc-PI, ao invés de reduzir os valores contratados com sobrepreço junto às empresas investigadas, determinou a redução da quantidade de rotas atendidas, o que dificultou o acesso dos alunos às escolas da rede estadual de ensino. 

A Operação Satélites consiste no cumprimento de 19 mandados de busca e apreensão, sendo 18 na capital Teresina (PI) e um no município de Luís Correia (PI), bem como no bloqueio de bens dos investigados. O trabalho conta com a participação de 94 policiais federais e de 10 auditores da CGU. 

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 03h38
23°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 21°
23°

Sensação

23.9 km/h

Vento

73.1%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5