Na mira do MPF

MPF investiga uso irregular de verbas da saúde em São Raimundo Nonato

Prováveis irregularidades relativas à utilização das verbas do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ)

25/09/2019 12h18Atualizado há 3 semanas
Por: Redação Portal SRN
Fonte: 180graus
Prefeita Carmelita Castro (Imagem: reprodução)
Prefeita Carmelita Castro (Imagem: reprodução)

O Ministério Público Federal no Piauí (MPF-PI) instaurou inquérito civil público com o objetivo de apurar prováveis irregularidades relativas à utilização das verbas do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) no município de São Raimundo Nonato. A portaria foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (25/09).

As investigações se concentram especialmente quando ao uso das verbas no pagamento de gratificações a profissionais de saúde, bem como para pagamento de gratificações de digitadores, motoristas e recepcionistas vinculados à secretaria de saúde do município.

O Inquérito Civil é procedimento investigatório, instaurado e presidido pelo Ministério Público, destinado a apurar a ocorrência de fatos que digam respeito ou acarretem danos efetivos ou potenciais a interesses que lhe incumba defender, servindo como preparação para o exercício das atribuições atinentes às suas funções institucionais.

A portaria nº 22, de 20 de setembro de 2019, é assinada pela Procuradora da República Cecília Vieira de Melo Sá Leitão.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 04h40
22°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 21°
22°

Sensação

24 km/h

Vento

77.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5