Segunda, 18 de Outubro de 2021
31°

Poucas nuvens

São Raimundo Nonato - PI

Dólar
R$ 5,51
Euro
R$ 6,40
Peso Arg.
R$ 0,06
Geral Piauí

Defensoria realizará em outubro semana voltada para conciliação em processos que envolvem direitos das crianças

Ação será desenvolvida no período de 25 a 29 de outubro no Núcleo Central da Defensoria, em Teresina

21/09/2021 às 17h05
Por: Portal SRN Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí


A Defensoria Pública do Estado do Piauí realizará no período de 25 a 29 de outubro do corrente ano o Projeto “Conciliar pela Criança: Defensoria Pública pela Prioridade Absoluta”, voltado para promover a conciliação, buscando a melhor saída para solução de conflitos postos em pauta através do Primeiro Atendimento da Instituição e que envolvam alimentos, execução de alimentos, oferta de alimentos, investigação de paternidade, alimentos gravídicos e ação de majoração de alimentos. A semana acontecerá no Núcleo Central da Defensoria, localizado na rua Nogueira Tapety, 138, Bairro Noivos, em Teresina.

O Projeto “Conciliar pela Criança: Defensoria Pública pela Prioridade Absoluta” é uma iniciativa da diretora cível da Defensoria, defensora pública Sheila de Andrade Ferreira, em conjunto com o coordenador e a defensora auxiliar do Núcleo de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (NUSCC), respectivamente defensor público Gerson Henrique Silva Sousa e defensora pública Alynne Patrício de Almeida Santos. A ação conta com a parceria do Laboratório Central do Piauí (Lacen) e da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

Durante a semana serão levados para a conciliação processos postos em pauta através do Primeiro Atendimento da Defensoria Pública que foram encaminhados para a mediação/conciliação por meio do NUSCC, assim como que sejam voluntariamente procurados pelas partes interessadas, o que pode ser feito por meio do contato : (86) 9 9426-1053.

A defensora pública Sheila de Andrade Ferreira fala sobre a expectativa em relação à semana. “Esse Projeto pretende dar maior agilidade aos processos envolvendo questões ligadas ao menor e esperamos que, ao longo desses cinco dias, possamos desenvolvê-lo a contento para que essas ações e atendimentos não se transformem em demandas judiciais, sendo naturalmente resolvidas por meio da conciliação. Com isso, estaremos ainda atendendo ao previsto no Plano Estratégico, assim como às funções institucionais da Defensoria Pública”, afirma.

Enquete