Segunda, 20 de Setembro de 2021
31°

Poucas nuvens

São Raimundo Nonato - PI

Dólar
R$ 5,33
Euro
R$ 6,25
Peso Arg.
R$ 0,05
Piauí Piauí

Produção de grãos deve ter queda no Piauí, mas ainda será recorde

A pesquisa é feita mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

10/09/2021 às 12h06
Por: Weslley Moreira Fonte: Ascom IBGE
Compartilhe:
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

Condições climáticas desfavoráveis levaram à redução da expectativa de produção de grãos da safra piauiense 2021. Conforme o Levantamento Sistemático da Safra Agrícola (LSPA) referente ao mês de agosto, a previsão é de 5,04 milhões de toneladas de grãos. Apesar disso, a produção ainda deve ser recorde, já que o estado nunca atingiu esse volume de grãos antes. A pesquisa é feita mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 Em janeiro deste ano, a expectativa era que o Piauí alcançasse a marca de 5,44 milhões de toneladas de grãos na safra 2021. Esse valor é 7,29% maior que o esperado em agosto, de apenas 5,04 milhões de toneladas. “A queda na produção de grãos, em relação a previsão inicial, foi provocada pelos fatores climáticos adversos, principalmente com a suspensão das chuvas quando as culturas ainda dependiam das precipitações pluviométricas”, explica o supervisor de Pesquisas Agropecuárias do IBGE no Piauí, Pedro Andrade.

Em comparação à previsão dos produtores registrada em janeiro deste ano, são esperadas reduções em quase todos os grãos, exceto o algodão herbáceo e o sorgo. O feijão deve sofrer o maior impacto, com queda de 45,57% no volume produzido. De acordo com Andrade, a causa para a redução significativa do feijão é que “o cultivo é de baixo maneio, quase que sem defesas agronômicas, portanto, muito suscetível às intempéries climáticas”, esclarece.

Ao contrário dos outros grãos, o sorgo deve ter crescimento de 86,36% em relação ao que estava previsto em janeiro. Apesar do aumento expressivo, o sorgo representa apenas 0,40% da safra de grãos e o aumento esperado equivale a 9.475 toneladas. Portanto, o crescimento na produção de sorgo agrega pouco ao total de grãos.

O que dará sustentação à safra recorde é a soja. Mesmo com queda de 4,11% em relação à expectativa de janeiro, os produtores ainda esperam encerrar 2021 com um volume de soja 10,87% superior ao do ano passado. O aumento deve ser de aproximadamente 266 mil toneladas na comparação com 2020. A pesquisa também indica que os 30 municípios que compõem a região do cerrado piauiense devem produzir 94,21% do total de grãos gerados no estado em 2021.

 As informações do LSPA são obtidas por meio de reuniões, que ocorrem periodicamente em todos os 224 municípios piauienses. Os dados coletados são homologados por entidades das áreas pública e privada – instituições financeiras, órgãos de pesquisas, extensão rural, secretarias de agricultura, sindicatos de trabalhadores rurais, cooperativas, associações, produtores. Todas as informações são fundamentadas com subsídios, como pesquisas de campo realizadas com consulta aos maiores produtores.

Enquete