Quarta, 20 de Outubro de 2021
27°

Poucas nuvens

São Raimundo Nonato - PI

Dólar
R$ 5,58
Euro
R$ 6,49
Peso Arg.
R$ 0,06
Educação Educação

Monitoramento dos protocolos de segurança marca a retomada das aulas presenciais da rede estadual no Piauí

Por meio do Monitoramento em Foco, a Seduc avalia as escolas quanto às adequações referentes aos protocolos sanitários, visando um retorno seguro ao chão da escola.

10/08/2021 às 08h33
Por: Weslley Moreira Fonte: Ccom
Compartilhe:
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

As aulas presenciais na rede pública de ensino do Piauí voltam a partir desta segunda-feira, 9 de agosto, e seguirão um calendário escalonado. A volta gradual dos alunos da 3ª série do Ensino Médio e do 9º ano do Fundamental às salas de aula está sendo acompanhada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que está realizando monitoramento que garanta a segurança da comunidade escolar. Na primeira semana de agosto, foram organizados encontros pedagógicos para os professores e coordenadores por meio do Canal Educação e entre as coordenações escolares.

Por meio do Monitoramento em Foco, a Seduc avalia as escolas quanto às adequações referentes aos protocolos sanitários, visando um retorno seguro ao chão da escola. Seguindo as orientações determinadas pela ação, cada escola seguirá diretrizes gerais para que sejam respeitados os protocolos, além de dar autonomia aos gestores para organizar as turmas de acordo com a consulta à comunidade escolar.

No Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) João Henrique de Almeida Sousa, localizado no bairro Morada Nova, os estudantes do 3º ano do Ensino Médio voltaram pela primeira vez ao espaço escolar após mais de um ano no longe da escola. A volta aconteceu após a consulta aos pais e responsáveis quanto ao interesse pela opção do retorno das aulas no modelo presencial seguindo a devolutiva deles.

A estudante Maria Vitória comemorou o reencontro com os amigos no ambiente escolar. “Esperávamos o retorno a bastante tempo e eu não via a hora de voltar tendo os professores ao nosso lado para tirarmos dúvidas a qualquer momento. Estamos esperançosos por este retorno, pois estudar em casa não é a mesma coisa de ter o apoio do professor. A escola preparou kits com uma garrafinha, máscara, álcool em gel. Estamos bem felizes por retornar”, comemorou a aluna.

A diretora do Ceti, Djanira Alencar, detalhou os protocolos adotados para o retorno com segurança dos estudantes, explicando como aconteceria o funcionamento da escola diante dos protocolos de segurança.

“Foi preciso que fizéssemos toda uma adaptação da escola e estamos atendendo a todos os protocolos, desde a entrada, onde os estudantes podem realizar a higienização nas pias, com sabão e papel toalha, além de dispensadores de álcool, medição da temperatura. Ou seja, todos os protocolos estão sendo atendidos conforme as orientações. Após este primeiro momento do retorno, iremos analisar o que mais podemos adaptar de forma que os nossos alunos possam estar seguros e para que os pais também comprovem o retorno”, disse.

No segundo momento a escola irá reelaborar o plano de retorno devido ao interesse dos estudantes das outras séries que manifestaram o desejo de estar nas aulas.

“Tudo que pudemos fazer nesse primeiro momento, estamos fazendo com o suporte da Seduc para as devidas adaptações e esperamos que esteja tudo certo e que tenhamos sucesso nesta retomada. Voltamos no primeiro momento, mas aguardamos mais alunos e logo iremos avançar com o retorno de estudantes no segundo ano que demostraram interesse no retorno e fazer a retomada de forma segura”, declarou.

O Ceti Didácio Silva, localizado no bairro Dirceu Arcoverde, retornou às aulas com três turmas organizadas de 3º ano do Ensino Médio e deram continuidade ao ensino remoto como no ano letivo anterior. Na sala de aula para os estudantes presentes, os professores também repassam os mesmos conteúdos para aqueles que optaram pelo ensino em casa utilizando as plataformas de aula virtual.

Para Naise Maria, estudante do 3º ano, a segurança proporcionada pelos protocolos higienicossanitários adotados pela escola foi essencial para a decisão de retornar às atividades presenciais.

“A volta à escola é boa até para nos preparamos melhor quanto ao Enem tendo o apoio dos professores e da direção neste momento. A direção nos orientou sobre todos os protocolos, encontramos o distanciamento entre os estudantes, vimos as pias para lavar as mãos, temos álcool em gel, então está tudo bem organizado”, declarou a estudante.

 

Enquete