Segunda, 02 de Agosto de 2021
86 98195-2377
Piauí Piauí

Fundão de R$ 5,7 bi e mínimo de R$ 1.147: como votou cada parlamentar

Texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2022 foi aprovado por 278 x 145 votos na Câmara e por 40 x 33 no Senado Federal.

16/07/2021 13h51
Por: Weslley Moreira - (86) 98195 2377 Fonte: Metrópoles
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

O texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que estabelece as metas e prioridades da União para o ano de 2022, foi aprovado pelo Congresso nesta quinta-feira (15/7). Como destaques, o salário mínimo de R$ 1.147 e o Fundo Especial de Financiamento de Campanha, o fundo eleitoral, mais conhecido como “Fundão”, cujas verbas para 2022 foram praticamente triplicadas: saltaram de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Na remuneração mínima do trabalhador, os parlamentares continuam conservadores. O valor de R$ 1.147 é bem menor dos R$ 5.421,84 que seriam o salário mínimo ideal do brasileiro, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Porém, com o “Fundão” os congressistas foram bem generosos. Oriundos do Tesouro Nacional, os recursos do fundo eleitoral chegam aos diretórios nacionais dos partidos políticos por intermédio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nas votações, há sempre casos que saltam aos olhos. É o caso da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), que usou as redes sociais, nesta quinta, para criticar a LDO e o aumento do “Fundão”. Mas no plenário, ela votou “sim” na proposta.

Segundo ela, o voto “sim” foi em relação “ao texto principal do projeto, uma vez que, como base do governo, é preciso aprovar o orçamento, pois seria de uma imensa irresponsabilidade deixar o país sem orçamento”.

Leia abaixo como votou cada senador:

Acre

Mailza Gomes (Progressistas) – SIM

Marcio Bittar (MDB) – SIM

Sérgio Petecão (PSD) – SIM

 

Alagoas

Fernando Collor (Pros) – SIM

Renan Calheiros (MDB) – Ausente

Rodrigo Cunha (PSDB) – NÃO

 

Amapá

Davi Alcolumbre (DEM) – SIM

Lucas Barreto (PSD) – NÃO

Randolfe Rodrigues (Rede) – NÃO

 

Amazonas

Eduardo Braga (MDB) – SIM

Omar Aziz (PSD) – SIM

Plínio Valério (PSDB) – NÃO

 

Bahia

Angelo Coronel (PSD) – SIM

Jaques Wagner (PT)-  NÃO

Otto Alencar (PSD) – Ausente

 

Ceará

Cid Gomes (PDT) – SIM

Eduardo Girão (Podemos) – NÃO

Tasso Jereissati (PSDB) – NÃO

 

Distrito Federal

Izalci Lucas (PSDB) – NÃO

Leila Barros (PSB) – NÃO

Reguffe (Podemos) – NÃO

 

Espírito Santo

Fabiano Contarato (Rede) – NÃO

Marcos do Val (Podemos) – NÃO

Rose de Freitas (MDB) – SIM

 

Goiás

Jorge Kajuru (Podemos) – NÃO

Luiz do Carmo (MDB) – SIM

Vanderlan Cardoso (PSD) – NÃO

 

Maranhão

Eliziane Gama (Cidadania) – NÃO

Roberto Rocha (PSDB) – SIM

Weverton (PDT) – SIM

 

Mato Grosso

Carlos Fávaro (PSD) – SIM

Jayme Campos (DEM) – SIM

Wellington Fagundos (PL) – SIM

 

Mato Grosso do Sul

Nelsinho Trad (PSD) – SIM

Simone Tebet (MDB) – NÃO

Soraya Thronicle (PSL) – NÃO

 

Minas Gerais

Antonio Anastasia (PSD) – SIM

Carlos Viana (PSD) – SIM

Rodrigo Pacheco – Ausente

 

Paraná

Alvaro Dias (Podemos) – NÃO

Flávio Arns (Podemos) – NÃO

Oriovisto Guimarães (Podemos) – NÃO

 

Paraíba

Daniella Ribeiro (PP) – SIM

Nilda Gondim (MDB) – SIM

Veneziano Vital do Rêgo (MDB) – SIM

 

Pará

Jader Barbalho (MDB) – Ausente

Paulo Rocha (PT) – NÃO

Zequinha Marinho (PSC) – SIM

 

Pernambuco

Fernando Coelho (MDB) – SIM

Humberto Costa (PT) – NÃO

Jarbas Vasconcellos (MDB) – NÃO

 

Piauí

Ciro Nogueira (PP) – SIM

Elmano Férrer (PP) – Ausente

Marcelo Castro (MDB) – SIM

 

Rio de Janeiro

Carlos Portinho (PL) – SIM

Flávio Bolsonaro (Patriota) – SIM

Romário (PL) – SIM

 

Rio Grande do Norte

Jean Paul Prates (PT) – NÃO

Styvenson Valentim (Podemos) – NÃO

Zenaide Maia (Pros) – NÃO

 

Rio Grande do Sul

Lasier Martins (Podemos) – NÃO

Luiz Carlos Heinze (Progressistas) – SIM

Paulo Paim (PT) – NÃO

 

Rondônia

Acir Gurgacz (PDT) – Ausente

Confúcio Moura (MDB) – SIM

Marcos Rogério (DEM) – SIM

 

Roraima

Chico Rodrigues (DEM) – SIM

Mecias de Jesus (Republicanos) – SIM

Telmário Mota (Pros) – SIM

 

Santa Catarina

Diego Berger (MDB) – NÃO

Espiridião Amin (PP) – Ausente

Jorginho Mello (PL) – Ausente

 

Sergipe

Alessandro Vieira (Cidadania) – NÃO

Maria do Carmo Alves (DEM) – SIM

Rogério Carvalho (PT) – NÃO

 

São Paulo

Giordano (PSL) – SIM

José Serra (PSDB) – NÃO

Mara Gabrilli (PSDB) – NÃO

 

Tocantins

Eduardo Gomes (MDB) – SIM

Irajá (PSD) – SIM

Kátia Abreu (PP) – SIM

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 11h04 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 28°

24° Sensação
34.6 km/h Vento
37.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Quarta (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens