Política

Wellington Dias pede afastamento de conselheiro do TCE alegando que ele é pai de adversário político

Governador afirma que o conselheiro é parte interessada nos processos e por isso não iria atuar com isenção ao apreciar as contas do Estado

30/08/2019 12h20
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Portal Az

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), encaminhou pedido de suspeição do conselheiro e ex-presidente do Tribunal de Contas, Luciano Nunes à presidência do TCE.

No pedido, o chefe do executivo estadual pede que Luciano Nunes e outros quatro técnicos do órgão sejam afastados e impedidos de atuar em processos  que envolvam o governo do Estado.

Wellington argumenta que o conselheiro é pai de Luciano Nunes Filho, ex-candidato ao governo do Estado e presidente regional do PSDB e que tem feito oposição ao governo de Wellington Dias.

O governador afirma que o conselheiro é parte interessada nos processos e por isso não iria atuar com isenção ao apreciar as contas do Estado. “Na verdade, eu como cidadão, como gestor, fiz na forma como expressamos aqui no tribunal, cabe agora a corte analisar”, limitou-se o governador.

Procurado pela reportagem do Portal AZ, o conselheiro diz que sempre atuou no órgão de forma técnica e que o fato de ser pai de Luciano Nunes não interfere em seus votos durante a apreciação de contas.

Luciano Nunes (Foto: Lucas Sousa/Portal AZ)

“Os meus votos são acompanhados de orientações que vem do setor técnico do tribunal, do contraditório e da procuradoria, o tribunal não cria fatos, ele analisa fatos, eu acho que isso é algo que tem que ser analisado, eu não vou me manifestar”, declarou o conselheiro.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 10h13
30°
Muitas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 22°
32°

Sensação

27.9 km/h

Vento

52.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5