Segunda, 02 de Agosto de 2021
86 98195-2377
Justiça Indevidamente

Banco é condenado por inscrição errada em órgãos de proteção ao crédito

A indevida inscrição do nome de um cliente em cadastros restritivos de crédito acarreta dano moral indenizável.

12/07/2021 09h49
Por: Redação Fonte: Conjur
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

A indevida inscrição do nome de um cliente em cadastros restritivos de crédito acarreta dano moral indenizável. A partir desse entendimento, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba condenou o Bradesco a indenizar um cliente que teve seu nome inscrito indevidamente nos órgãos de proteção ao crédito.

Segundo os autos, após a inscrição indevida, o cliente entrou com ação. O banco, na defesa, não comprovou a veracidade e origem do débito.

Ao analisar o processo, o desembargador Leandro dos Santos observou que "o ônus de provar a existência do negócio jurídico de contratação é da parte demandada, e, não o fazendo, subsiste em favor do consumidor a alegação de que a cobrança é indevida, por ausência de pactuação do contrato objeto da presente demanda", frisou.

Assim, deferiu a indenização por danos morais no valor de R$ 3 mil. "Considerando a gravidade do ato ilícito praticado contra a autora, o potencial econômico da ofensora (reconhecida instituição bancária), o caráter punitivo compensatório da indenização, entendo que deve ser mantido em R$ 3 mil o valor indenizatório", pontuou. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-PB.

0815818-98.2019.8.15.0001

Clique aqui para ler a decisão

 

Weslley Moreira
Sobre Weslley Moreira
Editor e Fundador do Portal SRN. Conteúdo diverso!
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 11h24 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 28°

26° Sensação
34.6 km/h Vento
37.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (03/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Quarta (04/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 29°

Sol com algumas nuvens