Piauí

Deu no O Globo: Polícia matou 32 no primeiro semestre de 2019 no Piauí

Reportagem mostrou a quantidade de vítimas mortas por policiais civis e militares em seis meses

27/08/2019 07h56
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Oito Meia
No Piauí, pelo menos 32 vítimas foram mortas por policiais civis e militares durante o primeiro semestre de 2019 (Foto: Reprodução/ O Globo)
No Piauí, pelo menos 32 vítimas foram mortas por policiais civis e militares durante o primeiro semestre de 2019 (Foto: Reprodução/ O Globo)

No Piauí, pelo menos 32 vítimas foram mortas por policiais civis e militares durante o primeiro semestre de 2019. A informação foi divulgada pelo O Globo nesta segunda-feira (26/08) e confirmada ao OitoMeia pela Secretaria de Segurança do Piauí (SSP).

O número representa um aumento de 23% em relação ao ano de 2018, onde 26 pessoas morreram em decorrência de intervenção policial no estado. A reportagem de O Globo, no entanto, não informa se eram ou não bandidos, criminosos ou pessoas envolvidas com o crime.

O discurso de que o aumento da repressão policial letal gera necessariamente a queda da criminalidade vem sendo defendido mais abertamente por políticos desde a eleição do ano passado. No entanto, segundo a reportagem do O Globo, as estatísticas constatadas no Piauí mostram o contrário. No estado, a morte de suspeitos em confronto com a polícia aumentaram, mas o número de homicídios também subiu (6%) em relação ao último ano.

Para o antropólogo e doutor em Segurança Pública, Arnaldo Eugênio, os aumentos nos números de homicídios de civis e também de mortes de suspeitos por repressão policial estão relacionados a falta de uma política de segurança para o estado. Segundo o especialista não há um plano para a área que seja claro e efetivo. Neste mesmo contexto, o Piauí é o estado que menos investe em Segurança Pública no Brasil. De acordo com informações do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o estado investe apenas R$ 73 no setor por cada habitante.

“O estado do Piauí não possui um plano e nem política de segurança pública. Na realidade, as coisas funcionam na base da sorte e algumas ações eventuais da própria Polícia, em um esforço próprio. Quando não existe essa política de segurança, ficamos à merce da sorte. A tendência é que na medida que tenho uma polícia mais repressora, a sociedade ou o mundo do crime venha a responder também de forma violenta. No fim, é uma guerra de todos contra todos”, pontuou o professor.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 10h13
30°
Muitas nuvens Máxima: 34° - Mínima: 22°
32°

Sensação

27.9 km/h

Vento

52.4%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5