Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 01:08
86 98195-2377
Brasil Brasil

Paulo Guedes quer aprovar novas parcelas do auxílio em até 3 semanas

Segundo o Ministério da Economia, a expectativa é que a primeira parcela seja paga ainda no mês de março, e outras duas estão previstas para os meses de abril e maio.

15/02/2021 15h57
Por: Weslley Moreira - (86) 98195 2377 Fonte: Portal SRN
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

O ministro da Economia, Paulo Guedes, trabalha com a equipe econômica para que uma nova rodada de até três parcelas do auxílio emergencial seja aprovada em até três semana. Se aprovado, a primeira parcela deve ser paga ainda no mês de março.

Segundo informações, com a nova rodada do auxílio é chamada pelo ministro Paulo Guedes de “novo marco fiscal”, que iria englobar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do pacto federativo, que é uma espécie de cláusula de Orçamento de Guerra, semelhante a que foi aprovada no ano passado.

Com essa inclusão, os gastos do auxílio emergencial seriam retirados das regras fiscais, como ter um teto de despesas, mas cria medidas de contenção de gastos. Medidas mais duras poderão ficar para uma segunda PEC fiscal, para ser votada até o fim do mês de julho.

De acordo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a proposta será apresentada no colégio de líderes, e para o Governo Federal, deve ser aprovada pelo Congresso Nacional até o início de março.

O Ministério da Economia afirma que outras duas parcelas estão previstas para os meses de abril e maio, e possivelmente mais uma no mês de junho. Cada parcela paga pelo Governo será no valor de R$ 250, com um custo de R$ 30 bilhões.

 

Weslley Moreira
Sobre Weslley Moreira
Advogado, Editor e Fundador do Portal SRN. Conteúdo diverso!