Lava jato

Lava Jato ronda governador Wellington Dias que beneficiou Grupo Petrópolis após doação de 1,9 milhão de reais

Wellington Dias (PT) concedeu isenção fiscal ao fabricante da cerveja Itaipava por generosos 15 anos.

07/08/2019 07h43Atualizado há 5 meses
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Por Diego Amorim, O Antagonista
Wellington Dias (PT) - Imagem Reprodução
Wellington Dias (PT) - Imagem Reprodução

Na semana passada, quando a Polícia Federal deflagou a Operação Rock City, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), ficou apreensivo. O alvo da 62ª fase da Lava Jato era o Grupo Petrópolis.

No primeiro mês de seu terceiro mandato como chefe do Executivo local, em 2015, Dias — considerado por Lula um “gênio político” — concedeu isenção fiscal ao fabricante da cerveja Itaipava por generosos 15 anos. Não foi um benefício qualquer: tratava-se da isenção de 90% do ICMS (clique aqui para ver a íntegra do decreto).