Cáritas Diocesana

Projeto Algodão em Consórcio Agroecológico e APASPI fecham parcerias para estudo de mercado na produção agroecológica

O mês de julho fechou em grande estilo para os produtores e produtoras Agroecológico do território Serra da Capivara.

06/08/2019 08h35Atualizado há 4 meses
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Ascom

No dia 31 de julho de 2019, representantes do Projeto Algodão em Consórcio Agroecológico, Cáritas Diocesana de São Raimundo Nonato, Instituto Imaflora, Instituto Interelos e APASPI se reuniram para uma parceria valiosa, com intuito de fortalecer as ações do projeto Algodão em Consórcio Agroecológico no território, através da organização da APASPI . A parceria com o Instituto interelos atenderá o aspiração de realizar um estudo de mercado para a produção de base agroecológica, e o Instituto Imaflora irá medir a escala de  maturidade da APASPI, com objetivo de auxiliar o seu desenvolvimento por meio de auto avaliação e planejamento das ações futuras, avaliando nas dimensões de legislação aplicável, gestão financeira administrativa, manejo e conservação, gestão da produção, industrialização, distribuição, comercialização, parcerias e arranjos, inovação e organização social.

Essa parceria irá fortalecer as estratégias de acesso ao mercado que o projeto Algodão em Consócio Agroecologico vem pensando junto com a  APASPI, nesse território.

O Projeto Algodão em Consórcio Agroecológico

O Projeto Algodão em Consórcios Agroecológicos tem como objetivo fortalecer a agricultura familiar através do cultivo do algodão orgânico, a partir da produção de alimentos consorciando com outras culturas alimentícias. A iniciativa é coordenada pela Organização Não-Governamental Diaconia, em parceria com a Embrapa Algodão e a Universidade Federal de Sergipe (Campus Sertão/Nossa Senhora da Glória), com o apoio financeiro do Instituto C&A. O Projeto envolve cerca de 2 mil famílias agricultoras distribuídas em 07 territórios do Semiárido Brasileiro, distribuídos em 06 estados (Pernambuco, Alagoas, Piauí, Sergipe, Rio Grande do Norte e Paraíba). No Piauí, o projeto conta com a parceria da Cáritas Diocesana de São Raimundo Nonato e envolve cerca de 260 famílias agricultoras de 13 diferentes municípios, através da APASPI. O Projeto visa a produção de fibra de algodão orgânico que será direcionada à indústria da moda nacional e internacional. Além disso, trabalha na perspectiva da conservação dos recursos naturais, produção de alimentos (milho, feijão, gergelim, entre outros), empedramento feminino e fortalecimento das organizações sociais de base familiar a partir da geração de renda das famílias agricultoras através do comércio justo e do mercado de orgânicos.

A APASPI é um Organismo Participativo de Avaliação da Conformidade – OPAC, formado por representantes das famílias agricultoras, regulamentada pela legislação brasileira de produtos orgânicos, através do Ministério da Agricultura, via Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica – SisOrg. É através do OPAC que se estabelece o controle da produção orgânica das unidades produtivas para a geração do selo brasileiro orgânico, fortalecendo as relações de compra e venda de produtos com certificação orgânica participativa. 
O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola – Imaflora

é uma associação civil sem fins lucrativos, que nasceu sob a premissa de que a melhor forma de conservar as florestas tropicais é dar a elas uma destinação econômica, associada a boas práticas de manejo e a uma gestão responsável dos recursos naturais.

o Imaflora acredita que a certificação socioambiental é uma das ferramentas que respondem a parte desse desafio, com forte poder indutor do desenvolvimento local, sustentável, nos setores florestal e agrícola e  busca influenciar as cadeias produtivas dos produtos de origem florestal e agrícola; colaborar para a elaboração e implementação de políticas de interesse público e, finalmente, fazer, de fato, a diferença nas regiões em que atua, criando ali modelos de uso da terra e de desenvolvimento sustentável que possam ser reproduzidos em outros municípios, regiões ou biomas do País.

O INSTITUTO INTERELOS

O Instituto InterElos tem como missão, apoiar populações em situação de pobreza, através da criação de empreendimentos onde sejam: protagonistas, proprietárias e beneficiários de seus resultados, gerando trabalho e renda com respeito ambiental. O Instituto acredita que, não obstante os enormes desafios, exista um espaço de fortalecimento no processo de planejamento e gestão dos negócios sociais, visando aumentar suas taxas de efetividade e geração de trabalho e renda com respeito ambiental.

São Raimundo NonatoSão Raimundo Nonato - PI Notícias de São Raimundo Nonato - PI
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 19h04
31°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 24°
30°

Sensação

15.6 km/h

Vento

30.2%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5