Domingo, 25 de Outubro de 2020 13:32
86 98195-2377
Política Justiça Eleitoral

Com salário que chega a 15 mil por mês, prefeita Carmelita Castro declara R$ 20 mil em bens à Justiça Eleitoral

No Piauí, entre os prefeitos que tentam a reeleição, apenas o gestor do município de Morro do Chapéu declarou menos bens que Carmelita Castro.

30/09/2020 17h13 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação Fonte: Portal SRN
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

As eleições começaram e todo candidato deve declarar seus bens à Justiça Eleitoral. O PORTAL SRN verificou a declaração contendo a lista de bens de cada candidato a prefeito que concorre à reeleição no Piauí, principalmente daqueles que menos informaram bens para a justiça.

A prefeita do município de São Raimundo Nonato/PI, Carmelita Castro (PP), que tenta a reeleição, surpreende em sua declaração de bens. O valor apresentado foi de R$ 20 mil em espécie. No ano de 2016, que Carmelita não tinha salário e privilégios de gestora de um grande município, seus bens declarados foram no valor de R$ 140 mil.

Em um simples levantamento, verificamos que a gestora do município de São Raimundo Nonato tem a média de salário mensal líquido de R$ 12.188,00 que somando com diárias chega a mais de R$ 15 mil (março 2020).

No Piauí

Entre os prefeitos que tentam a reeleição no Piauí, apenas o prefeito Marcos Henrique Fortes Rebelo (PSD), do município de Morro do Chapéu do Piauí, declarou menos que Carmelita Castro (PP), com bens de R$ 18.008,00 (terreno e terra nua).

O município de Morro do Chapéu tem apenas 6.622 habitantes e o prefeito tem salário mensal de R$ 5.390,12.