Domingo, 25 de Outubro de 2020 13:10
86 98195-2377
Saúde Coronavirus

Piauí atinge marca de 2,1 mil pessoas mortas pelo coronavírus

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 193 casos confirmados e seis óbitos pelo novo coronavírus.

27/09/2020 19h06
Por: Redação Fonte: G1 PI
Enterro de vítima do coronavírus — Foto: BRUNO ROCHA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Enterro de vítima do coronavírus — Foto: BRUNO ROCHA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Piauí ultrapassou as 2,1 mil mortes causadas por complicações da Covid-19, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), neste domingo (27).

Nas últimas 24 horas foram registrados, no Piauí, 193 casos confirmados e seis óbitos pelo novo coronavírus. Dos 193 casos confirmados da doença, 105 são mulheres e 88 homens , com idades que variam de um mês a 80 anos.

Três homens e três mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Eles eram de Campo Maior (66 anos), Picos (44 anos) e Teresina (96 anos). Já as mulheres eram das cidades de Bom Jesus (67 anos), Santa Cruz do Piauí (71 anos) e Teresina (82 anos).

As 224 cidades piauienses foram atingidas pela pandemia. Os casos confirmados no estado somam 94.733. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 2101 e foram registrados em 172 municípios. Até agora, morreram 1.205 homens e 896 mulheres.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 528 ocupados, sendo 304 leitos clínicos, 216 UTIs e 8 leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 4.531 até o dia 27 de setembro.

A Sesapi estima que 92.104 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

Decretos no Piauí de isolamento social

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

O uso de máscaras em locais públicos tornou-se obrigatório em todo o estado. Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Prevenção, contágio e sintomas

Lavar as mãos de forma correta (veja vídeo), uso de álcool em gel, sempre usar máscaras, evitar contato pessoal e aglomerações de pessoas são algumas das orientações para evitar o contágio da doença.

É importante também ficar atento quanto aos principais sintomas (tosse seca, congestão nasal, dores no corpo, diarreia, inflamação na garganta e, nos casos mais graves, febre acima de 37° C e dificuldade para respirar). Um guia ilustrado preparado pelo G1 ajuda a tirar dúvidas.