Domingo, 20 de Setembro de 2020 01:44
86 98195-2377
Piauí Máscara sob suspeita

Governo do Piauí vai pagar R$ 3 milhões para empresa já investigada no TCE-PI

O relatório dos auditores do TCE chegou a pedir a suspensão de todos os pagamentos, mas isso ainda não foi decidido.

10/09/2020 19h59 Atualizada há 1 semana
Por: Redação Fonte: Por Aquiles Nairó, do Código do Poder
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

O governo do Piauí já atestou que recebeu 18.957 caixas de máscaras cirúrgicas com tripla proteção ao preço de R$ 122 por caixa (50 unidades). A empresa fornecedora é a V. E. ROCHA FERREIRA, que vai faturar com essa nova compra sem licitação o valor de R$ 2,3 milhões, através da Secretaria de Administração e Previdência. Na internet é possível encontrar caixa de máscara por R$ 89 no site Submarino.

Fora isso, a empresa já está em fase de defesa de um relatório do Tribunal de Contas do Estado que apontou superfaturamento nas compras de álcool em gel. O relatório dos auditores do TCE chegou a pedir a suspensão de todos os pagamentos, mas isso ainda não foi decidido.

O caso foi divulgado na imprensa: “Licitação promovida pela Secretaria de Agronegócios do Piauí – SEAGRO, com fundamento na Lei nº 13.979/2020 e que culminou na assinatura do Contrato Administrativo nº 045/2020 com a empresa V. E. Rocha Ferreira, que teve por objeto o fornecimento de unidades de álcool em gel 70%, em frascos de 500 ml, para 30.779 famílias em assentamentos agrícolas, com valor estimado de R$ 766.704,89.”