Quinta, 01 de Outubro de 2020 16:45
86 98195-2377
Política Política local

Prefeita de São Raimundo Nonato lança pré-candidatura agradecendo permanência do PT no grupo

Chamada de festa do DAS, do contracheque municipal ou do funcionalismo público, evento reuniu centenas de pessoas.

08/09/2020 08h44 Atualizada há 3 semanas
Por: Conteúdo enviado ao Portal SRN Fonte: André Pessoa, do Portal AZ
Prefeita de São Raimundo Nonato lança pré-candidatura agradecendo permanência do PT no grupo
Prefeita de São Raimundo Nonato lança pré-candidatura agradecendo permanência do PT no grupo

A Justiça Eleitoral, dentro das novas regras, autorizou o lançamento de pré-candidaturas em espaços privados, fechados, sem aglomeração, transmissões ao vivo ou grande público, conforme as orientações das autoridades de saúde em épocas de pandemia. As informações são do Portal AZ.

Mas não foi isso o que se observou na casa da prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (Progressistas), como se vê no vídeo abaixo divulgado pela sua própria assessoria. 

A festa vem sendo chamada na cidade de: “A farra do DAS, do contracheque e do funcionalismo público municipal”. Na verdade, o evento realmente reuniu muita gente, mas, conforme observação popular, grande parte das pessoas presentes ou detém cargos no Governo do Piauí, na Prefeitura de São Raimundo Nonato ou são prestadores de serviços e fornecedores do município.

Chamada de festa do DAS, do contracheque municipal ou do funcionalismo público, evento reuniu centenas de pessoas

Com a máquina pública a seu favor, além de uma série de mecanismos favoráveis à sua reeleição, Carmelita Castro pode ser denunciada outra vez por abuso de poder econômico e político caso a sua campanha continue abusando dos ditames da Lei.

(Foto: divulgação)

Nunca é demais lembrar que Castro teve o atual mandato cassado em primeira instância pela Justiça Eleitoral, mas ela recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), e teve votação favorável para reverter a condenação. O processo agora segue para a terceira instância em Brasília, causando dor de cabeça em Carmelita como se fosse um fantasma que, vez por outra, volta aos seu dia a dia.

Participantes do lançamento da pré-candidatura de Carmelita Castro tinham a temperatura controlada para acesso ao evento. População reclama que critério não seja utilizado nos acessos ao município. (Foto/ divulgação)

No próprio discurso da prefeita que tenta a reeleição, ela fala  para a plateia inflamada que lotava o pátio da sua casa em São Raimundo Nonato, pedindo: “Peço a ajuda de todos vocês. Me ajudem! Eu sofri demais com esse processo. Passei noites e noites em claro, mas graças a Deus a Justiça do meu Estado me absorveu”, comemorou ao lado do atual vice-prefeito, Beto Macedo do PT que perdeu a vaga para o MDB e quase rompeu com o grupo de Carmelita.

Lista de funcionários 

Para quem conhece a cidade de São Raimundo Nonato e sua população, a “festa” teve as cores e caras do poder público municipal e de cargos estaduais. O cônjuge de Carmelita Castro, deputado estadual Hélio Isaías (PP), e aliado do governador Wellington Dias, por exemplo, ocupa a secretaria estadual dos Transportes do Piauí. Na eleição de 2016 o mesmo Isaías ocupava a secretaria estadual da Defesa Civil no Piauí. O uso das benesses do cargo rendeu o processo de cassação de Carmelita na Justiça Eleitoral. 

Entre as centenas de pessoas que foram até a casa de Carmelita, grande parte tem benefícios diretos ou indiretos na atual gestão

Eleitores de São Raimundo Nonato explicam que caso o público que participou do lançamento da candidatura à reeleição de Castro fosse individualizado, ficaria claro a quantidade de correligionários beneficiados, de alguma forma, pelo poder público municipal e estadual. 

Entre as centenas de pessoas que foram até a casa de Carmelita, grande parte tem benefícios diretos ou indiretos na atual gestão. São funcionários concursados do município, dezenas de cargos de confiança, prestadores de serviços, ocupantes de cargos no Governo do Piauí, ocupantes de cargos no Governo Federal através do senador Ciro Nogueira, seus familiares, entre outros.