Quarta, 30 de Setembro de 2020 18:13
86 98195-2377
Política PT x Progressistas

Wellington Dias anuncia novo nome para direção-geral do Detran

Governador Wellington Dias começa a retirar indicados do Partido Progressistas.

11/08/2020 14h24
Por: Redação Fonte: Portal AZ
Wellington Dias e Ciro Nogueira (Foto: divulgação)
Wellington Dias e Ciro Nogueira (Foto: divulgação)

O governador Wellington Dias anunciou nesta terça-feira (11) que o advogado Garcias Guedes Rodrigues Junior será o novo diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PI). O órgão era dirigido anteriormente por Arão Lobão. 

Garcias Guedes é pós-graduando em Direito Civil e Processo Civil, pós-graduando em Licitações e Contratos e já ocupou os cargos de diretor Administrativo e assessor técnico da Secretaria de Estado da Saúde e assessor técnico do Instituto de Águas e Esgotos do Estado do Piauí.

A transição do ógão será realizada ao longo desta semana. A posse está marcada para a próxima segunda-feira (17).

Motivo da mudança 

Arão Lobão assumiu o Dentran-PI por indicação do Partido Progressistas. Ele foi retirado logo após anúncio de rompimento entre o governador Wellington Dias e o presidente nacional da sigla, Ciro Nogueira. 

Entenda o caso

O governador Wellington Dias (PT) confirmou na quarta-feira (05) o rompimento da aliança com o senador Ciro Nogueira (Progressistas). O chefe do executivo estadual agradeceu a parceria política e administrativa com Ciro e relatou que ambos andarão em caminhos diferentes no Piauí. A decisão ocorreu durante uma reunião realizada na terça-feira (04) em Brasília, que contou com a presença do senador Marcelo Castro e do secretário de Governo, Osmar Junior.

Ciro informou ao governador que irá construir um campo de oposição no estado. Em vídeo divulgado nas redes sociais, Wellington Dias destacou que respeita a decisão do senador em deixar a base do governo e contou ainda que nessas horas é importante saber quem ficará no governo ou quem será oposição. 

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, comentou no dia seguinte sobre o rompimento da relação política com o governador Wellington Dias. O parlamentar afirmou que ficou surpreso com as declarações do petista sobre a quebra da aliança. 

“Fui surpreendido com várias notícias na imprensa que afirmaram que rompi com relações políticas com o governador Wellington Dias, mais surpreso ainda fiquei com o vídeo gravado pelo próprio governador em que o mesmo afirma isso, por isso me vejo na obrigação de esclarecer os fatos e trazer a verdade à tona. De fato, nessa semana eu recebi em nosso apartamento o governador e o senador Marcelo Castro, entretanto, em momento algum disse que os progressistas fariam oposição ao seu governo, pelo contrário, eu tenho dito que o momento exige união, principalmente, exige que todos nós estejamos trabalhando pelo Piauí, independente de partido ou ideologia”, destacou. 

Ciro ainda afirmou que, com o rompimento declarado pelo governador, ele se sente livre para fiscalizar as ações do Governo do Estado. “Estarei sim agora mais livre para fiscalizar os atos da administração pública estadual, apontar o inchaço de quadro de pessoal e outras lacunas de gastos supérfluos no nosso Piauí”, criticou.