Quinta, 13 de Agosto de 2020 17:23
86 98195-2377
São Raimundo Nonato São Raimundo Nonato

População aproveita visita de Bolsonaro e pede soluções para o problema de água

Os moradores aproveitaram a presença do presidente para fazer o apelo

30/07/2020 19h25 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Portal O Dia
Moradores afirmaram que precisam comprar água para beber e cozinhar (Foto: Jailson Soares/ODIA)
Moradores afirmaram que precisam comprar água para beber e cozinhar (Foto: Jailson Soares/ODIA)

Durante a visita do presidente Jair Bolsonaro à cidade de São Raimundo Nonato, região Sul do Piauí, a população aproveitou a oportunidade para pedir soluções para o problema de água na localidade. Segundo os moradores, a água é imprópria para o consumo. A informação é do PortalODIA.com.

A cozinheira Valdira Ferreira é moradora de São Raimundo Nonato e pediu que o presidente tivesse um olhar mais atento para o abastecimento de água na cidade. “Nós não temos uma água potável. Eu, como cozinheira, tenho um restaurante, e é muito difícil trabalhar. Temos que comprar água para cozinhar e para beber porque a água que temos na torneira não é apropriada para cozinhar. Eu peço encarecidamente que resolva nosso problema”, disse.

A moradora destacou que há 65 anos a população do interior da cidade precisa levar água em baldes para conseguir abastecer suas casas. “Nós carregamos água na cabeça. É um pedido que eu faço, não para mim, mas para toda a região: água potável na nossa torneira para que possamos viver mais tranquilos, porque nosso sofrimento com água é muito grande”, finalizou a cozinheira Valdira Ferreira.

Na chegada do presidente ao aeroporto de São Raimundo Nonato, algumas pessoas o aguardavam com faixas e cartazes pedindo que a problemática da água fosse resolvida. Em uma das faixas está escrito “Sr. Presidente faça a água de Campo Alegre chegar até São Raimundo. Temos sede!”.

Pouco depois de visitar São Raimundo Nonato o presidente Jair Bolsonaro seguiu para a cidade de Campo Alegre de Lourdes, no Norte da Bahia, onde faz a inauguração da segunda etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água do município. A cidade de Campo Alegre de Lourdes fica localizada na região do ‘polígono da seca’, que abrange todos os estados do Nordeste, exceto Maranhão, além de Minas Gerais.

A equipe de reportagem do PortalODIA.com entrou em contato com a Agespisa - Águas e Esgotos do Piauí, responsável por fazer o abastecimento da cidade de São Raimundo Nonato, que informou que a distribuição de água em São Raimundo Nonato é apropriada para consumo e que nesta quinta (30) um químico está realizando coletas para controle da água fornecida na cidade.

Confira a nota da Agespisa na íntegra:

A Agespisa informa que a água distribuída em São Raimundo Nonato está própria para o consumo da população. As reclamações dos moradores se referem à água captada na Barragem Petrônio Portela, que atende cerca de 60% da cidade.

Em razão de nunca ter sangrado, a água da barragem contém considerável quantidade de material orgânico, porém é tratada e monitorada pela empresa regularmente.

Nesta quinta-feira, 30, um químico da Agespisa está realizando coletas para controle de qualidade da água fornecida a São Raimundo Nonato e todas as demais cidades atendidas pela Adutora do Garrincho.

A Agespisa opera dois sistemas de produção de água em São Raimundo Nonato: um de poços tubulares, localizados no povoado Serra Branca, na zona rural, e o outro, da Estação de Tratamento, cujo manancial é a barragem Petrônio Portela, onde são tratados 180 mil litros por hora.