Quinta, 13 de Agosto de 2020 16:58
86 98195-2377
São Raimundo Nonato Bolsonaro em SRN

Em protesto, moradores de São Raimundo Nonato pedem valorização dos professores

A presidente municipal do Sinte-PI, Vanda Aragão, pediu que ao governo invista na qualidade da educação.

30/07/2020 19h13
Por: Redação Fonte: Portal O Dia
Vanda Aragão pede valorização dos professores a Bolsonaro. Foto: Jailson Soarea/O Dia
Vanda Aragão pede valorização dos professores a Bolsonaro. Foto: Jailson Soarea/O Dia

Em visita a São Raimundo Nonato na manhã desta quinta-feira, 29, o Presidente Jair Bolsonaro foi recebido por uma aglomeração de moradores e protesto em relação a educação, aposentadoria e abastecimento de água.

A equipe do Portal ODia.com conversou com a Vanda Aragão, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (SINTE-PI), Núcleo Regional São Raimundo Nonato, que levou ao Bolsonaro a reivindicação por valorização dos professores.

“Quero agradecer o Presidente Bolsonaro de vir visitar nossa cidade, trouxe essas faixas pedindo ajuda para educação do Piauí que está abaixo de 0. O governador recebeu agora mais de R$ 1,6 bilhão e 60% desse dinheiro é para valorização da educação. E ele está pedindo na justiça que esse dinheiro seja colocado em uma conta única para gastar com a saúde, e nós trabalhadores da educação precisamos dessa valorização”, afirma Vanda Aragão.

O valor ao qual a presidente do Sinte se refere, é sobre uma ação judicial do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Magistério (Fundef) onde o Piauí ganhou a ação ajuizada em 2017, em desfavor da União, referente as verbas repassas a menor para o Fundef. O valor de R$1.652.169.584,10 foi creditado no dia 30 de junho.

Além disso, Vanda Aragão ainda pede socorro por água no município. “Quero pedir aqui ao Bolsonaro, que nós sofremos muito por falta de água aqui nessa região, e já que ele vai fazer uma adutora, que ele estendesse até o nosso Rio Piauí, que banha a cidade de São Raimundo Nonato, e que descamba até o Rio Parnaíba, que ele valorize a educação e os sãoraimundenses, e socorro com água para nós, por que passamos até cede aqui”, implora Vanda Aragão.