Segunda, 10 de Agosto de 2020 18:01
86 98195-2377
Piauí Mordomia

R$ 752 MIL: Wellington Dias mantém 12 pick ups ao seu dispor

Em abril, Wellington Dias anunciou o corte do próprio salário como uma das medidas do plano de contingenciamento.

22/07/2020 08h54
Por: Redação Fonte: Aquiles Nairó, do Código do Poder
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

A mordomia do governador Wellington Dias, da residência oficial e de sua segurança pessoal não têm sentido os efeitos do contigenciamento dos gastos por conta da pandemia do coronavirus. Pelo menos o contrato de R$ 752 mil com a locadora Fácil Auto Serviços (R.F.C Carvalho ME) para manter 12 pick ups à disposição do seu gabinete está sendo renovado até agosto de 2021.

O Palácio de Karnak prevê um gasto de R$ 313,3 mil com esses 12 veículos até dezembro desse ano e R$ 438,7 mil de janeiro a agosto de 2021. Isso é só a locação, não estão incluídas as despesas com abastecimento, alimentação, diárias ou hospedagens da comitiva de umas 40 pessoas que costumam acompanhar o governador em caso de viagens pelo interior.

O difícil de entender é a justificativa do Gabinete Militar para manter o valor e a quantidade de veículos já que o próprio governador avisou que o isolamento social deve seguir até setembro deste ano.

Essa será a terceira vez que o contrato 06/2018 do Gabinete Militar com a locadora Fácil Auto Serviços é renovado sem a abertura de uma nova licitação.

Por cada um dos 12 veículos, a empresa Fácil Auto Serviços recebe mensalmente R$ 4.820,63. O GAMIL também fez pesquisas nas empresas Super Auto (R$ 5.450), Total Rent a Car (R$ 6.000) e Dandy Rent a Car (R$ 5.700).

Em abril, Wellington Dias anunciou o corte do próprio salário como uma das medidas do plano de contingenciamento para economizar até R$ 200 milhões, já que a medida teria efeito cascata na redução automática dos salários de secretários e servidores comissionados.

Trecho da justificativa do GAMIL para renovar o contrato dos 12 veículos :

CONSIDERANDO que os serviços são essenciais para a Administração do GAMIL, uma vez que, é premente a necessidade de locomoção do Exmo Sr. Governador do Estado do Piauí e seus Agentes de Segurança, por conta do cumprimento de suas agendas, cuja paralização causaria transtornos administrativos relevantes, imediatos e irreparáveis;

CONSIDERANDO que as viagens do Governador são constantes e aos mais diversos Municípios do Piauí e outros Estados, com intuito de cumprir sua agenda oficial.