Quinta, 04 de Junho de 2020
86 98195-2377
Destaques Covid-19

Piauí registra mais cinco óbitos por coronavírus em 24h; casos confirmados sobem para 2085

Número de municípios com pessoas infectadas sobe para 105

16/05/2020 08h21 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação Fonte: Por Jade Araújo
Casos de coronavírus no Piauí sobe para Foto: divulgação / Sesapi
Casos de coronavírus no Piauí sobe para Foto: divulgação / Sesapi

A Secretaria Estadual de Saúde divulgou na noite desta sexta (15) um novo boletim que, após um dia sem registrar mortes por coronavírus, foram confirmados  mais cinco óbitos nas últimas 24 horas. Com isso, o número de vítimas da covid-19 no Piauí sobe para 65, enquanto o número de casos, subiu para 2.085. De acordo com os dados, as vítimas são três do sexo masculino e duas do sexo feminino. No número de caso confirmados, 180 a mais, foram 84 homens e 96 mulheres, com idades que variam de 9 anos a 91 anos.

Dos óbitos, os homens de 90 anos, de Água Branca e 62 anos, de Teresina, não possuíam comorbidades. O outro de 80 anos, também de Teresina, era diabético e hipertenso. Entre as mulheres, a de Teresina, de 84 anos, não tinha doenças relacionadas, já a de São Gonçalo do Piauí, de 80 anos, sofria de hipertensão.

Bela Vista, Campo Grande do Piauí , Landri Sales, Pavussu e São João da Canabrava aparecem pela primeira vez na lista. Agora, são 105 municípios com registros da doença.

Teresina lidera o número de casos da pandemia no Piauí, com 1146 infectados. Na sequência, vêm as cidades de Parnaíba (111), Picos (102), Campo Maior (68), Esperantina (42) e Piripiri (44).  Clique aqui  e confira o painel epidemiológico da covid-19 no Piauí. 

  • 13 de maio: Os idosos, de 66 anos natural do município de Socorro do Piauí, de 57 anos natural de Manoel Emídio e de 76 anos do município de Júlio Borges, sendo este o segundo óbito registrado na cidade, possuiam comorbidades como cardiopatia, diabetes e hipertensão, respectivamente. Todos estavam internados no Hospital Tibério Nunes, em Floriano. 
  • 12 de maio: oito mortes. Cinco homens com idades de 23 anos (Teresina), 30 anos (Piripiri), 36 anos (Elesbão Veloso), 41 anos (Teresina) e 78 anos (Uruçuí). Apenas o jovem de 23 anos (imunosuprimido) e o idoso (cardíaco) apresentavam comorbidades. As três mulheres, uma em Parnaíba, de 36 anos, em Água Branca de 89 anos e Teresina, de 97 anos apresentavam doenças relacionadas. A mais nova era diabética e as duas mais idosas tinham problemas cardíacos e diabetes. 
  • 11 de maio: uma mulher de Teresina, de 48 anos, não tinha comorbidades e a outra de Rio Grande do Piauí, de 77 anos, era cardiopata. Já o homem de 51 anos, natural de Picos, também não tinha doenças relacionadas e o de Água Branca, de 87 anos, sofria de problemas cardíacos. 
  • 10 de maio: um homem, de  48 anos, natural de Monsenhor Hipólito, sem comorbidades e uma mulher de 64 anos, de Picos, que sofria de diabetes, faleceram no Hospital Regional Justino Luz, em Picos. O terceiro óbito foi registrado em Valença, um paciente de 82 anos que estava internado no Hospital Natan Portela, em Teresina e tinha histórico de cardiopata. 
  • 09 de maio: duas mulheres, uma de 81 anos, de Ilha Grande (que faleceu no HEDA) e a outra, de 76 anos, natural de Palmeirais, mas que morava em Teresina, faleceu em hospital particular da capital. Ambas tinham hipertensão. Dois homens, ambos de Teresina, um de 90 anos, tinha histórico de diabetes e o outro, de 36 anos, era imunosuprimido.    
  • 08 de maio: uma idosa de 89 anos faleceu em um hospital particular de Teresina. A vítima tinha hipertensão e diabetes.
  • 07 de maio: um idoso de 74 anos, com problema pulmonar, faleceu no Hospital Getúlio Vargas em Teresina. A outra vítima foi uma mulher de 52 anos, natural do município de Baixa Grande do Ribeiro. Ela faleceu no Hospital Tibério Nunes, em Floriano.
  • 06 de maio: uma idosa de 74 anos, de Teresina. Ela tinha comorbidades para câncer de mama e estava internada no Hospital São Marcos; Uma idosa de 87 anos, também de Teresina, faleceu no Hospital Santa Maria; um idoso de 72 anos, de Teresina, sofria de pneumopatia e faleceu em casa; um outro homem de 67 anos, natural de Cocal e com histórico de diabetes e hipertensão; um idoso de 92 anos com diabetes. Ele era natural da cidade de Santa Luz e faleceu em um hospital de Bom Jesus.
  • 05 de maio: um idoso de 73 anos, natural de Colônia do Gurguéia. A vítima aleceu no Hospital Tibério Nunes, em Floriano e tinha histórico de hipertensão.
  • 04 de maio: um idoso de 69 anos, natural de Luzilândia, com histórico de diabetes. A vitíma faleceu no Hospital Getúlio Vargas, em Teresina.
  • 02 de maio: Um idoso de 69 anos, cardiopata e natural de Júlio Borges, faleceu no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. O segundo óbito é de Teresina. Ele tinha 46 anos e sofria de hipertensão.
  • 01 de maio: Um homem de 59 anos faleceu no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e tinha histórico de cardiopatia e pneumopatia. A segunda vítima foi uma idosa de 91 anos que faleceu em um hospital particular da capital. Não foi informada comorbidade.
  • 28 de abril: Uma idosa, de 73 anos, de Teresina. A vítima tinha histórico de neuropatia. O outro óbito confirmado foi de um idoso, de 77 anos que sofria de cardiopatia crônica, também da capital.
  • 27 de abril: uma idosa de 83 anos, natural do município de Canto do Buriti, faleceu no hospital Tibério Nunes em Floriano e tinha hipertensão e artrose.
  • 26 de abril: uma idosa de 70 anos, da localidade Estreito em Buriti dos Lopes, com histórico de diabetes e hipertensão. Um homem de 79 anos, de São Francisco do Piauí, faleceu no Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. Ele tinha problemas cardíacos. Um senhor, de 95 anos, hipertenso, residente na zona norte de Teresina e que estava internado no Hospital Universitário.
  • 25 de abril: Jovem de 21 anos, do município de Itaueiras e fazia tratamento para tuberculose.
  • 24 de abril: uma idosa de 99 anos, de Teresina. A vítima tinha histórico de hipertensão.
  • 23 de abril: um idoso de 64 anos, natural de Parnaíba. A vítima faleceu no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde e fazia tratamento para o câncer.
  • 21 de abril: um idoso de 79 anos faleceu no Hospital Chagas Rodrigues. A vítima era natural de Piracuruca e tinha histórico de doenças cardíacas
  • 20 de abril: um idoso de 85 anos faleceu em um hospital particular de Teresina e tinha histórico de diabetes e doença cardiovascular.
  • 19 de abril: três óbitos foram registrados. Uma adolescente, de 13 anos, natural de Pedro II, faleceu no Hospital Infantil Lucídio Portela, em Teresina. Ela tinha sequela de paralisia cerebral e desnutrição. O outro foi um idoso de 98 anos, natural de Teresina. A vítima estava internada em um hospital particular e não tinha doenças crônicas. O outro óbito registrado é de um homem de 61 anos, que estava internado no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, com histórico de hipertensão.
  • 18 de abril: uma idosa de 79 anos, natural de Picos. Ela faleceu no Hospital Regional Justino Luz e tinha histórico de hipertensão.
  • 17 de abril: um idoso de 72 anos, natural de Bom Princípio. A vítima faleceu no Hospital Dirceu Arcoverde, no município de Parnaíba e tinha histórico de hipertensão.
  • 13 de abril: um idoso de 63 anos, natural de Piracuruca. A vítima estava internada no Hospital Getúlio Vargas em Teresina.
  • 09 de abril: uma jovem de 22 anos de Teresina.
  • 08 de abril: um homem de 56 anos de Teresina.
  • 07 de abril: o empresário Nogueira Neto, de 62 anos, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Piauí (Creci-PI).
  • 30 de março: o diretor da empresa Delta Laticínios, Oderman Bittencourt, de 45 anos. O paciente apresentava histórico de viagem ao Ceará e tinha comorbidades como obesidade e hipertensão.
  • 27 de março: o prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia (PT). Ele tinha 57 anos.
  • 26 de março: um casal de idosos de Teresina de 88 anos e de 73 anos, que estavam internados em um hospital privado da capital. Os dois tinham hipertensão arterial e diabetes mellitus, um deles também tinha pneumopatia crônica.

O ministro da Saúde, Nelson Teich, deixou o cargo nesta sexta-feira (15), antes de completar um mês à frente da pasta. Em nota, a pasta informou que ele pediu demissão.

Teich tomou posse em 17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Assim como Mandetta, Teich também apresentou discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas para combate ao coronavírus.

Nos últimos dias, o presidente e Teich tiveram desentendimentos sobre:

  •     o uso da cloroquina no tratamento da covid-19 (doença causada pelo vírus). Bolsonaro quer alterar o protocolo do SUS e permitir a aplicação do remédio desde o início do tratamento.
  •     o decreto de Bolsonaro que ampliou as atividades essenciais no período da pandemia e incluiu salões de beleza, barbearia e academias de ginástica
  •     detalhes do plano com diretrizes para a saída do isolamento. O presidente defende uma flexibilização mais imediata e mais ampla.

Teich foi chamado para uma reunião no Palácio do Planalto nesta manhã. Ele esteve com Bolsonaro e depois voltou para o prédio do Ministério da Saúde. A demissão foi anunciada logo depois.

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (15) o mais recente balanço dos casos de novo coronavírus no Brasil. Ao todo, o país já registra 14.817 mortes, e dessas 824 foram acrescentadas nas últimas 24 horas. O número de casos confirmados subiu para 218.223 casos confirmados, com 15.305 casos incluídos no balanço em 24 horas

 

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 01h33 - Fonte: Climatempo
25°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 32°

25° Sensação
14.2 km/h Vento
67% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (05/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Sábado (06/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens