Terça, 25 de Junho de 2024
20°C 35°C
São Raimundo Nonato, PI
Publicidade

México deve eleger a 1ª presidente mulher neste domingo

Candidata governista Claudia Sheinbaum lidera pesquisa com vantagem de 25 pontos percentuais em relação à Xóchitl Gálvez.

02/06/2024 às 09h35
Por: Portal SRN Fonte: Com informações do Poder 360
Compartilhe:
Da esquerda para direita, os candidatos à Presidência do México Claudia Sheinbaum (Sigamos Haciendo Historia, centro-esquerda), Xóchitl Gálvez (Fuerza y Corazón por México, centro) e Jorge Álvarez Máynez, (Movimiento Ciudadano, centro-esquerda)
Da esquerda para direita, os candidatos à Presidência do México Claudia Sheinbaum (Sigamos Haciendo Historia, centro-esquerda), Xóchitl Gálvez (Fuerza y Corazón por México, centro) e Jorge Álvarez Máynez, (Movimiento Ciudadano, centro-esquerda)

Os mexicanos vão às urnas neste domingo (2.jun.2024) para escolher o(a) presidente que governará o país até 2030. Segundo o INE (Instituto Nacional Eleitoral) essa será o maior pleito no país. Mais de 98,3 milhões de eleitores decidirão os nomes que ocuparão 20.708 cargos. Dentre eles, 128 senadores e 500 deputados. O voto não é obrigatório. 

A disputa deve eleger a 1ª presidente mulher na história do país. Os principais candidatos são Claudia Sheinbaum, da coligação Sigamos Haciendo Historia (centro-esquerda), Xóchitl Gálvez, da coligação Fuerza y Corazón por México (centro) e Jorge Álvarez Máynez, do partido Movimiento Ciudadano (centro-esquerda). 

As duas candidatas lideram as pesquisas de intenção de voto. No levantamento realizado de 21 a 24 de maio pela empresa mexicana Mitofsky, Sheinbaum aparece com 56,9% das intenções de voto válidos, ou seja, que não considera os entrevistados que não declararam seus votos. Gálvez tem 31,2% e Máynez, 11,9%.

Para a pesquisa, foram entrevistados presencialmente 1.200 eleitores. A margem de erro é de 2,8 p.p. para mais ou para menos. Contabilizando os participantes que não declararam seus votos, Sheinbaum tem 50% das intenções. Gálvez aparece com 27,4% e Máynez com 10,4%. 

Continua após a publicidade

No México, o presidente é eleito por maioria simples. Isso significa que o candidato que tiver o maior número de votos válidos é declarado vencedor. Não há 2º turno. 

As eleições são realizadas em um contexto de insegurança. Pesquisa do Inegi (Instituto Nacional de Estatística e Geografia), divulgada em 18 de abril, mostra que 61% dos adultos mexicanos sentem-se inseguros vivendo em suas próprias cidades, principalmente por causa do medo de roubo ou violência armada. 

Nos últimos 6 anos, durante o mandato do presidente Andrés Manuel López Obrador, o México registrou mais de 188 mil assassinatos. A extorsão por grupos armados tornou-se uma prática comum em todo o país. Além disso, observou-se um aumento nos casos de desaparecimentos forçados.

Existe ainda a violência eleitoral. Desde março de 2024, foram registados assassinatos de pelo menos 15 pré-candidatos ou candidatos no país, segundo informações da CIDH (Comissão Interamericana de Direitos Humanos). 

São Raimundo Nonato, PI
34°
Tempo nublado

Mín. 20° Máx. 35°

32° Sensação
2.44km/h Vento
22% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h05 Nascer do sol
05h41 Pôr do sol
Qua 35° 21°
Qui 35° 21°
Sex 35° 21°
Sáb 35° 20°
Dom 35° 19°
Atualizado às 13h06
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +1,07%
Euro
R$ 5,84 +0,90%
Peso Argentino
R$ 0,01 +1,58%
Bitcoin
R$ 357,622,52 +3,64%
Ibovespa
122,346,90 pts -0.24%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade