Política

Ciro quer o governo, mas se não der lançará a ex-mulher, Iracema Portella

Contra o senador há uma ameaça grave: de ele vir a ser condenado e preso.

31/01/2020 14h39
Por: Weslley Moreira, da Redação
Fonte: Portal Az
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

Está provado que a separação do senador Ciro Nogueira e da deputada federal Iracema Portela é só de escovas de dente porque politicamente os dois andam tão unidos que ele pensa até em lançá-la candidata ao governo em 2022.

Sempre considerado um “dom juan” nordestino, apesar de casado, Ciro só anunciou a separação no ano passado, mas reafirmando os vínculos político e comercial com a ex-esposa. 

Ainda nem começou a campanha para as prefeituras, mas o senador presidente do PP deflagrou sua campanha ao governo do Estado e, por isso, anda de cidade em cidade.

O site ‘O Antagonista’ publicou nesta sexta-feira (31) que Ciro Nogueira sonha em sacar o PT do governo estadual e comandar o Piauí. A ideia de Ciro sempre foi ser ele mesmo o candidato nas eleições de 2022.

O Antagonista revelou ainda que de um tempo para cá, o senador cogita outra possibilidade: a de lançar sua ex-esposa, a deputada federal Iracema Portella, também do PP, claro, como candidata a governadora.

Ciro confirmou a ideia quando concedeu entrevista a sites locais de que caso não seja ele o candidato, o Progressistas poderá apostar em Iracema Portella ou na deputada federal Margarete Coelho.

Contra o senador há uma ameaça grave: de ele vir a ser condenado e preso por conta de investigações sobre seu envolvimento com corrupção. Ciro é investigado em vários inquéritos e é réu em processo no STF por recebimento de propina, correndo risco de ser afastado da campanha.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 08h43
28°
Poucas nuvens Máxima: 36° - Mínima: 24°
29°

Sensação

17.5 km/h

Vento

57.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5