SEM TROTES

Lei estadual visa a inibir trotes ao SAMU com aplicação de multa

A multa pecuniária se aplica aos proprietários de linhas telefônicas de cujos aparelhos sejam originados e que resulte em frustrações pela inexistência de eventos anunciado

Coluna do Joe

Coluna do JoeFormado em Letras Inglês pela UESPI e Bacharel em Administração Pública pela UFPI. Escreve sobre política e gestões públicas. Contato: (89) 99403-3070.

18/01/2020 11h00
Por: Joe

Os trotes passados aos serviços essenciais Centro de Operações da Polícia Militar (190), Corpo de Bombeiros (193) e Serviço de Assistência Médica de Urgência - SAMU (192) serão punidos com multa.

 A multa pecuniária se aplica aos proprietários de linhas telefônicas de cujos aparelhos sejam originados e que resulte em frustrações pela inexistência de eventos anunciado.  

O número do telefone de onde se originou o trote será encaminhado os respectivos relatórios às empresas telefônicas para que as mesmas informem os nomes dos seus proprietários. Já as ligações originadas de telefones públicos serão anotadas em separado para futuro levantamento de incidência geográfica e posterior identificação pelos órgãos competentes.

 A multa prevista na Lei é de 150 (cento e cinquenta) UFR-PI por cada trote realizado, duplicando-se tal valor em caso de reincidência. O valor resultante da arrecadação da multa prevista nesta Lei será destinado ao aprimoramento, ampliação e modernização tecnológica das unidades operacionais: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e  Serviço de Assistência Médica de Urgência – SAMU.

São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 22h04
28°
Poucas nuvens Máxima: 35° - Mínima: 24°
31°

Sensação

3.2 km/h

Vento

67%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5