Canto do Buriti

Wellington Dias diz que PPP das Miniusinas vai gerar economia de R$ 7 milhões

Com previsão de inauguração em janeiro de 2021, o projeto é considerado pioneiro do país

16/01/2020 10h18
Por: Redação Portal SRN
Fonte: Portal Az
Governador diz que PPP das Miniusinas no Piauí vai gerar uma economia de R$ 7 milhões (Foto: ascom)
Governador diz que PPP das Miniusinas no Piauí vai gerar uma economia de R$ 7 milhões (Foto: ascom)

O Governo do Piauí apresentou nesta quarta-feira (11) o edital de licitação da Parceria Público-Privada (PPP) que prevê a construção e gestão de oito miniusinas de energia solar fotovoltaica no interior do estado. O projeto irá gerar uma economia de R$ 7 milhões nos gastos do estado com energia elétrica.

Com previsão de inauguração em janeiro de 2021, o projeto é considerado pioneiro do país e terá um grande impacto global. Segundo o governo, a previsão total de investimento da iniciativa privada é de aproximadamente R$ 175 milhões. As miniusinas terão capacidade de produção de 5Mw cada.

“Estamos falando de economizar R$ 7 milhões e 600 mil por ano na conta de luz que o estado paga. Vamos falar de mudanças climáticas, o Piauí cada vez mais se colocando entre os estados ou província do mundo com a opção da energia solar cumprindo o Acordo de Paris. A criação de energia limpa, hidrelétrica, solar, eólica, setor público, privado, médios e grandes, na prática estamos falando de desenvolvimento e o estado que compra energia resolveu comprar do Piauí, energia essa que vai gerar empregos e atividade econômica do Piauí a partir das miniusinas. Atualmente o estado paga R$ 44 milhões e com esse projeto vamos ter uma grande economia”, disse.

Ainda segundo Wellington, a licitação da PPP vai acontecer no dia 09 de março. Ao total serão quatro lotes e as cidades piauienses que vão receber as miniusinas vão ser definidas depois da contratação das concessionárias.“Serão cinco regiões que o setor privado terá a liberdade de escolha, já temos acertado os municípios de Caraúbas, Canto do Buriti e Cabeceiras, que tecnicamente já foram apresentadas no edital. É um começo de ano em uma nova ação, casando com o moderno desenvolvimento para o Piauí e o Brasil”, explicou. 

Viviane Moura, superintendente da Suparc, comentou que a criação das miniusinas irá garantir a alta sustentabilidade do Piauí e o que estado pagará uma energia mais limpa e barata. “É um projeto que garante o governo o fornecimento da sua própria energia, é baseado no momento em que o governo do estado vive, líder na implantação de parques e fornecimento de energia solar. O projeto vai garanti alta sustentabilidade, gerar economia e teremos um impacto global e mundial”, contou.

De acordo com Viviane Moura, o Piauí contará com vários benefícios através da criação da energia solar, entre eles a diminuição dos impactos ao meio ambiente, principalmente em relação a emissão dióxido de carbono (CO2).

“Um dos pontos mais interessantes do projeto é o fato de trabalhar com um projeto de impacto ambiental do ponto de vista positivo, vamos diminuir os impactos ao meio ambiente, sem falar que hoje a energia solar é um dos segmentos do mundo que mais gera empregos e renda para a população. O processo licitatório inicia dia 09 de março, a previsão de encerramento dessa etapa é início de maio, aí teremos um prazo de quatro meses com apresentação do projeto e aprovação junto a Equatorial Piauí”, contou.

 

Canto do BuritiCanto do Buriti - PI Notícias de Canto do Buriti - PI
São Raimundo Nonato - PI
Atualizado às 14h36
34°
Pancada de chuva Máxima: 35° - Mínima: 25°
36°

Sensação

22.9 km/h

Vento

42.3%

Umidade

Fonte: Climatempo
Banner lateral interna posição 2
Municípios
Últimas notícias
Banner lateral interna posição 3
Mais lidas
Adsense lateral interna posição 5